A Vermelho Filmes oferece uma vasta gama de serviços para a realização audiovisual tendo por foco seus aspectos criativos.

Combinando anos de experiência dos seus sócios em distintas áreas da criação e produção cultural, a empresa, além de desenvolver e realizar suas próprias obras, colabora e presta serviços para produtoras, 

agências de publicidade, marcas e produções internacionais.

 

O QUE FAZEMOS

PRODUÇÃO

ROTEIRO

CURADORIA

CONSULTORIA

 

O QUE FIZEMOS

Clique sobre a imagem para mais informações

Casa Grande
Submarino
LAURA
Quem Matou Eloá?
Sonhos de Peixe
Se Eu Demorar Uns Meses
F de Falso
Aquarius
Tempero Secreto
Arte Ativa
Unidade Básica
Mondo Tarantino
Dove Beleza Fora da Caixa
Ely Lilly - Time Hides Alzheimer's
Caos on Canvas
Opala Azul Negão

NO  AR

 
 

QUEM SOMOS

Fernanda De Capua

Produção Criativa

Produtora, roteirista e consultora de filmes, documentários e séries com foco na produção criativa e no desenvolvimento de projetos. Após coordenar o Centro de Produção da NYU, produziu o longa Sonhos de Peixe, (Prix Regarde Jeunes, Semana da Crítica do Festival de Cannes – 2006). Na produção, realizou  o curta Submarino; o longa documentário Laura para o DocTV IB e o longa Casa Grande (prêmio do público no Festival do Rio);  os documentários Violência S.A., Se Eu Demorar Uns Meses e o premiado Quem Matou Eloá.  Para TV, produziu o programa   Capital Natural (Band News) e a série documental Arte Ativa.  Foi produtora de elenco para campanhas publicitárias como Dove e Eli Lilly e fez produção de conteúdo para eventos como Nokia Trends, Rider 30 Anos e Exposição Pequeno Príncipe. Desde 2008 atua como consultora de pitch, roteiro e formatação de projetos. Já ministrou oficinas no BrLab, Icumam Lab, Bolivia Lab, Cine Posible - Colombia, Estreno Bisonte - Costa Rica, e Pitch Forum no Tblisi Film Festival, República da Georgia. Como roteirista e script doctor trabalhou nos roteiros de Gabriel e a Montanha, de Fellipe Barbosa (Semana da Crítica, Cannes 2017), OOutro Lado, de Victor Cesar Botta, O Caminho do Urso, com Rafael Aidar e Noventa com Thiago Dottori. É parecerista de projetos para Gullane Filmes, atualmente escreve e se prepara para dirigir a série Insustentáveis e presta assessoria de roteiro nos Labs do Prodav 04.

Camila Alves

Produção Executiva

Produtora executiva e consultora na área de projetos culturais, sociais e esportivos com foco no planejamento e gerenciamento de execução através de leis de incentivo fiscal. Iniciou sua carreira no escritório Cesnik, Quintino & Salinas Advogados, especializado em Cultura e Terceiro Setor. Atuou no desenvolvimento, planejamento, execução e prestação de contas de projetos para diversos produtores e instituições culturais, entre eles: Instituto Pensarte, Instituto Cultural Brasilis, BM&A – Brasil Música, MAM – Museu de Arte Moderna, Olhar Imaginário, Oka Comunicações, Gaia Produções, Maria Farinha Filmes, Liquid Media Lab. Na área esportiva desenvolveu projetos com a Universidade do Futebol, Corpore, ESPN e USP. Entre os projetos de destaque estão: Slowkids, Slowmovie, Prêmio Oceanos de Literatura, Arquitetura do Silêncio, Conexão Cultural, Semana Ticket de Arte e Cultura. Coordenou a área de planejamento e gerenciamento financeiro da CPFL Cultura em Campinas e a área de planejamento e projetos especiais da Poiesis, responsável pelo gerenciamento do Museu da Língua Portuguesa, Casa das Rosas, Casa Guilherme de Almeida e Oficinas Culturais do Estado de São Paulo.

Atualmente, é coprodutora dos projetos Caos on Canvas e Cinefantasy e ministra cursos sobre leis de incentivo à cultura, planejamento e gestão de projetos culturais no Cultura e Mercado.

Tyaga Sa Brito

Produção de Arte

Começou sua carreira na Bienal do Mercosul e desde então se dedica à produção no campo das artes. Com experiência por vários departamentos criativos do audiovisual, atuou como assistente e produtora de objetos  até se firmar como uma das mais requisitadas profissionais de produção de arte do Brasil. Dentre seus trabalhos no audiovisual destacam-se os filmes Amor Só de Mãe, de Dennison Ramalho, Crime Delicado, de Beto Brant, Aquarius de Kleber Mendonça Filho, Tungstênio, de Heitor Dhalia, A Torre das Donzelas de Susana Lira, e as séries Carandiru, exibida na Globo, Unidade Básica, para o canal Universal, Tempero Secreto exibida no GNT e Haru, Natsu - As Cartas que Não Chegaram: A História da Imigração Japonesa no Brasil ​exibida na NHK - Japão. 

Trabalhou por cinco anos como coordenadora de produção de arte e editoração na extinta Loja do Bispo, especializada em objetos de arte e decoração; e fez parte da equipe que concebeu e implementou a Pivô - Arte e Pesquisa, hoje um dos mais importantes espaços de arte contemporânea em São Paulo, onde atuou como coordenadora de programação e produção. 

Atua ainda na produção de exposições e montagens cenograficas, como "Sabotagem" de Letícia Ramos e Marcia Xavier; e mais recentemente "Contaminações", de Daniela Thomas e Felipe Tassara no SESC Ipiranga. 

Marcos Kurtinaitis

Pesquisa e Curadoria

Mestre e doutorando em Meios e Processos Audiovisuais pela ECA - USP, foi coordenador de programação do CINUSP, programador da Cinemateca Brasileira e coordenador audiovisual do Museu da Imagem e do Som (MIS) de São Paulo. Desenvolve pesquisa em torno de preservação, difusão e reaproveitamento de acervos audiovisuais em filmes de compilação e found footage. Realizou conteúdo de projeção audiovisual em shows das bandas Violeta de Outono, Chimpanzé Clube Trio e Mamma Cadela, foi roteirista do média-metragem Procura-se e codiretor, com Vitor Brant, do curta Objetos do De$ejo. Ministrou oficinas de realização audiovisual para adolescentes nos projetos Estação USP e Educom.Rádio e palestras em eventos como o IV Musimid – Encontro de Música e Mídia, e o II Seminário de Dramaturgia da Escola de Atores Wolf Maya. Produziu quatro edições da Conferência Internacional do Documentário do festival É Tudo Verdade e foi curador de inúmeras mostras de cinema, como F de Falso, para a Caixa Cultural de Brasília, e Mondo Tarantino e Louis Malle – Polêmico e Versátil, para o Centro Cultural Banco do Brasil. Foi editor da Sinopse – Revista de Cinema e publicou as coletâneas de contos O Manicômio e Viagens – Projeto Jovens Escritores, bem como diversos artigos críticos para revistas impressas e online, catálogos de mostras e anais de seminários e congressos.

 

CONTATO

 

Produção + Consultoria + Criação

Audiovisual + Cultural

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon

Rua Apiacás, 587 casa 2

Perdizes

São Paulo, SP 05017-020

vermelhofilmes@gmail.com

Tel. + 55 11 99292-1718

F de Falso

Mostra de Falsos Documentários Curadoria: Marcos Kurtinaitis Co-Produção: Vermelho Filmes

Go to link